Me perdoe por não desistir

by - 18.4.17

Vai ter uma hora que você vai ignorar as minhas mensagens, e 'tá tudo bem'. Vai chegar um momento que você vai se cansar de mim, e a culpa não é sua. Tá tudo bem também. 

A culpa é minha e eu convivo muito bem com ela, obrigado. E com a saudade também. Formamos um belo trio, diga-se de passagem, só não melhor do que o casal que a gente forma. Não são palavras minhas, tá todo mundo dizendo...

Mas a culpa é minha, porque num mundo de relacionamentos fast-food e da lei do desapego, eu sigo uma dieta balanceada e me entrego sem medo.
Eu tô longe de ser um muso fitness, eu sei que minha barriguinha diz o oposto, mas vou dar uma dica de reeducação alimentar para um coração mais saudável: Se alimentar de poesia à cada 3 horas. Não garanto o corpo, mas a alma vai ficar mais leve e gostosa.

E sem essa de 'ou some ou soma'. Não some não. Fica e soma, multiplica, eleva à vigésima sétima potência se precisar, mas fica, e mostra que se importa. São tempos difíceis e amar sozinho tá foda.

(...)

- Como foi seu dia?
- Corrido. E todos os dias que você me perguntar, a resposta vai ser a mesma. Corrido.

A culpa é minha e eu nem ligo. Todos os dias eu vou te perguntar porque eu não sei fingir que não tô nem aí, nem que não me importo contigo.

Me fala do teu dia, conta a mesma história pela 27ª vez. Eu já tô acostumado com a sua memória curta. Prometo fazer cara de surpreso em cada uma delas. Inclusive, tô ensaiando uma cara nova pra quando tu disser que não vai mais embora...

Vou ser sincero contigo: Se você quiser ir, pode ir, eu não vou te segurar. Eu tô sempre a um passo de estragar tudo com a minha intensidade,  porque é o que eu sei fazer de melhor. Mas se por uma fração de segundos passar pela tua cabeça em ficar, me avisa, que eu vou te mostrar 27 maneiras da gente se amar.
Se acalma, menina. Pode ficar com as viagens, as baladas e manter contato com os seus amigos. Não é tua liberdade que eu quero tirar. É só o teu batom rosa que eu quero fazer você retocar.

Você não precisa de mim pra nada e essa é a melhor parte. A gente já é bom sozinhos, mas juntinhos ia ser do caralho.

Me perdoa por não desistir nas várias vezes que você deu motivos pra isso. Mas tu sabe que eu sou teimoso, principalmente quando eu sei que vale a pena o esforço.
Agora vou esperar você passar aqui pra me pegar. Sei que tu não tá muito acostumada com isso, mas faço questão de abrir a porta pra ti de novo. A do carro e a do coração.


Você pode gostar também

0 comentários